Vingadores: Era de Ultron | Crítica

Vingadores: A Era de Ultron

Avante Vingadores!
Com poucos erros e muita pancadaria, os "Heróis mais Poderosos da Terra" seguem imbatíveis rumo a fase 3.
 Podemos dizer que A Era de Ultron é maior em tudo relacionado ao primeiro filme, maior em proporção, maior em ameaça (afinal os Chitauris eram meio bostas), maior em elenco e maior em tempo de duração. O filme é maior em muitos aspectos e sua grandeza é sentida!
Como os personagens já haviam sido introduzido no primeiro longa, sobrou muito mais tempo para explorar a dinâmica dos heróis e focar em sua trama, que por sinal é muito boa. 
 Desde a invasão do primeiro filme que Tony Stark (Robert Downey Jr) anda perdendo suas noites de sono, com um possível novo ataque a terra. 
Sabendo que só é questão de tempo até que a terra volte a ser ameaçada novamente, Stark juntamente com o Dr Bruce Banner (Mark Ruffalo) se unem para tentar criar uma nova força que possa patrulhar a terra e trazer paz a ela. É dai que nasce vilão Ultron, uma inteligência artificial, altamente inteligente e com uma missão. A de trazer paz a terra, porém para isso é preciso a extinção da humanidade! 

O vilão Ultron é uma das coisas boas do filme, ele vai crescendo e enlouquecendo a medida que faz seus upgrades (que foram muito menos do que eu imaginava). A voz do vilão é imponente e digna de um vilão, James Spader detonou nesse quesito.
As cenas de ação são frenéticas e acontecem do começo ao fim, elas são excelentes e muito bem coreografadas, apesar de algumas cenas serem tão rápidas (que quase beiram os Transformers), mas elas não decepcionam e conseguem superar os filmes anteriores.
Gavião Arqueiro, Homem de Ferro, Capitão América, Viúva Negra e Bruce Banner ganharam uma profundidade nunca abordada antes.
O Gavião (Jeremy Renner) deixa de ser um peso morto e nos apresenta quase que um novo personagem, tanto com seu lado heroico, quanto familiar.
O "romance" entre Bruce Banner e a Viúva Negra (Scarlett Johanssonfoi bem trabalhado, não forçando nada e ao mesmo tempo fazendo com que muitos torcessem para o "casal".
O Homem de Ferro mostrou um lado mais próximo ao dos quadrinhos, mostrando que apesar de "gênio, bilionário, playboy e  filantropo" ainda tem suas inseguranças. 
Os embates com o Capitão América são visíveis e aumentam e muito a expectativa sobre "Guerra Civil".
Capitão América mostrou que amadureceu muito e já não parece mais um homem perdido e fora de seu tempo, mas sim determinado e confiante, batendo no peito e assumindo a sua  responsabilidade com os Vingadores e com o mundo.

A participação de Stan "FucKing" Lee foi muito boa e também hilária (apesar de já ter feito participações em quase todos os filmes da Marvel, suas aparições ainda dividem o publico nos cinemas, metade vibrando com sua aparição e a outra, perguntando quem é o ancião).
Os gêmeos Maximoff não deixaram a desejar, Mercúrio (Aaron Taylor-Johnsonprotagoniza varias cenas legais, tanto com seus poderes quanto como alívio cômico (procure não comparar com o personagem da Fox). Já a Wanda/Feiticeira Escarlate (Elizabeth Olsen) mostrou que além de muito poderosa, vai ser a preferida de muita gente.
Thor (Chris Hemsworthandou meio sumido no filme, mas tem importância em alguns acontecimentos e grande presença nas batalhas.
Eu nem vou falar da luta entre o Verdão e o Hulk Buster que foi simplesmente épica.

Porém pra mim aquele que roubou a cena literalmente, foi o Visão. O visual do personagem é simplesmente fantástico, transparecendo imponência. O personagem é muito poderoso e eficiente em batalha. Uma pena não terem abordado mais sobre sua intangibilidade, mas de longe foi meu personagem favorito.
 O alívio cômico entre o Thor eo Visão foi "digno" (e muito f#d@), causando surpresa e em seguida aplausos.
Mas nem tudo são flores, apesar de ter sim gostado do filme, fui vítima de um vilão maior que o próprio Ultron "a expectativa". Senti falta de algumas cenas apresentada nos trailers e até mesmo de um final mais impactante. Sai muito mais animado do cinema com o término de Vingadores 1 e Guardiões da Galáxia. Porém minha falta de eufonismo não diminui o filme, que pode ser considerado épico!

Nota: 4/5


 Leia + sobre Vingadores: Era de Ultron




Google Plus

Autor: Marlon x

#UnaseaLiga
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários :

  1. Infelizmente não pude ir na estréia, mas amei resenha e estou inda mais empolgada em ir assistir o filme, pois se o anterior já foi bom e você diz que esse é ainda mais grandioso, deve ter sido incrível!

    Beijos, INconvencional!
    {Facebook} {Twitter} {Instagram}


    ResponderExcluir