Os Pinguins de Madagascar | Crítica

Pinguins agradam em filme solo, divertidos como nunca!


Desde o filme original (Madagascar, de 2005), Os Pinguins de Madagascar já eram um sucesso, os coadjuvantes que roubavam a cena toda a vez que apareciam no filme. Mais dois filmes vieram e uma série própria pela Nickelodeon, e a popularidade de Rico, Kowalski, Recruta e Capitão só aumentou.

Já era a hora deles ganharem um filme próprio. E a hora chegou! Nós conferimos o filme dos Pinguins... e gostamos!

A DreamWorks Animation acertou em cheio e aposto que está rindo à toa! Afinal, o sucesso dos personagens em seu filme próprio irá render muitos produtos derivados, fazendo a alegria das crianças e é claro, da empresa!

A trama do longa é bem sem-noção (normal para os personagens, hehehe), no qual o vilão, o polvo Dave (dublado por ninguém menos que John Malkovich) planeja se vingar do quarteto e de todos os pinguins do mundo acabando com sua fofura. E no meio desta trama de espionagem, também há a presença da Agência de Espionagem animal, o Vento do Norte, liderada pelo lobo Secreto (dublado pelo Sherlock Khan, Benedict Cumberbatch).

A dublagem do filme é ótima em português, infelizmente não pude ver na língua original, mas os nossos dubladores vão muito bem.



O filme é bem divertido e o ritmo é frenético. As risadas são garantidas e as cenas de ação são engenhosas e absurdas, dignas dos Pinguins.

E se você já achava que o Recruta tinha níveis elevados de fofura, ela está presente no longa e possui muita importância na trama!

Em geral, um filme divertido e que segue a cartilha DreamWorks de entretenimento! Mas com personagens tão bons como esses, fica difícil não fazer sucesso...

Nota: 3,5/5.


Leia mais Críticas

Google Plus

Autor: Thiago Monteiro

#UnaseaLiga
    Comentários Blogger
    Comentários Facebook

0 comentários :

Postar um comentário