Nintendo encerra distribuição oficial de games no Brasil

Super Mário nos acuda! Nem o Sonic consegue correr tão rápido quanto nossos impostos sobem. 


Culpando altos impostos a Nintendo encerra a distribuição oficial de jogos no Brasil.  A empresa anunciou nesta sexta (9) que não vai mais distribuir jogos e consoles no Brasil. A Nintendo atuava no país por intermédio da Gaming do Brasil, que distribuía seus produtos pelos últimos quatro anos.
O diretor e gerente geral para América Latina da Nintendo of America, Bill van Zyll, disse em um comunicado que a decisão foi tomada por conta dos altos impostos. 
"O Brasil é um mercado importante para a Nintendo e lar de muitos fãs apaixonados, mas, infelizmente, desafios no ambiente local de negócios fizeram nosso modelo de distribuição atual no país insustentável. Estes desafios incluem as altas tarifas sobre importação que se aplicam ao nosso setor e a nossa decisão de não ter uma operação de fabricação local"
Van Zyll agradeceu e disse que ainda irá continuar monitorando o mercado brasileiro:
"Somos profundamente gratos pelo trabalho duro e pelas muitas contribuições feitas por cada valioso membro da Gaming do Brasil"
A Nintendo continuará no mercado latino americano por intermédio da empresa Juegos de Vídeo que trabalham juntos há 14 anos. CEO da empresa, Bernard Josephs disse:
"Continuamos comprometidos com a marca. E, enquanto nenhuma outra mudança está planejada para outros mercados da região, estamos em uma posição em que precisamos reavaliar nossa abordagem na distribuição no Brasil".
É com muito pesar e extrema tristeza que escrevo essa matéria. Nintendo, uma marca que faz parte da infância de muita gente, com personagens em consoles incríveis que sobrevivem o tempo. A Nintendo continuara, nossos heróis também mas por conta de uma triste realidade politica e econômica, o Brasil ficou um pouco mais triste.
Google Plus

Autor: Marlon Matti

#UnaseaLiga
    Comentários Blogger
    Comentários Facebook

0 comentários :

Postar um comentário