Robin Williams - O adeus ao rei do improviso

Morreu aos 63 o ator Robin Williams, considerado por muitos como rei do improviso (inclusive por mim), o ator foi encontrado em seu apartamento, nesta segunda feira (a policia trabalha com a hipótese de suicídio por asfixia). O Ator que já foi viciado em cocaína, há anos enfrentava uma luta contra o alcoolismo e estava sendo submetido a tratamento.  Que grande ironia, aquele que dedicou uma vida ao riso, sofria pela falta dele, o ator sofria de depressão e passava problemas financeiros, ele deixa três filhos e  esposa, Susan Schneider.
Vencedor do Oscar de melhor ator coadjuvante por Gênio Indomável em 1997, dois Emmy, seis Globos de Ouro entre vários e merecidos prêmios.
Robin Williams foi um dos heróis da minha e de muitas infâncias, com seus personagens carismáticos e altruístas, já foi doutor, radialista, inventor, babá, poeta, menino perdido, robô e até  alienígena (impossível citar todos os personagens marcantes do cara que sobreviveu e venceu o Jumanji), o mundo ficou mais pobre, mais triste! Sentiremos sua falta Pan.






















. Robin Williams se preparava para sequencia de Babá Quase Perfeita (filme que deve ser cancelado) e deixa dois filmes em pós-produção, Merry Friggin' Christmas e Absolutely Anything além do já finalizado Uma Noite no Museu 3 que chega aos cinemas brasileiros em janeiro de 2015.

Google Plus

Autor: Marlon Matti

#UnaseaLiga
    Comentários Blogger
    Comentários Facebook

0 comentários :

Postar um comentário