Game of Thrones - George R.R. Martin comenta o final da quarta temporada

O autor George R.R. Martin falou em entrevista à EW sobre o desfecho de Tyrion Lannister (Peter Dinklage) no episódio final da quarta temporada de Game of Thrones.

Cuidado Zona de Spoilers!
Condenado injustamente por assassinato, George R.R. Martin  comentou o fato de Tyrion ter tornado-se um assassino ao escapar da prisão:
 "Acho que às vezes as pessoas são pressionadas além do que podem aguentar.
 E acho que Tyrion chegou a esse ponto. 
Ele passou pelo inferno, encarou a morte mais de uma vez e foi traído pelas pessoas com quem ele se importava, as pessoas de quem buscava aprovação. 
Ele buscou a aprovação do seu pai por toda a sua vida. 
Uma coisa que esteve com ele desde a juventude - pois essa é a filosofia de Lord Tywin - é que você não faz ameaças e depois falha em cumpri-las.
 Se você ameaça alguém, ele o desafia, e você não cumpre a sua promessa, quem vai acreditar nas suas ameaças? (...) Então seu pai diz aquela palavra, seu dedo puxa o arco, a decisão de meio segundo, e está feito... Tywin era seu pai e isso continuará a assombrá-lo para o resto da sua vida.
 Com Shae foi algo muito mais deliberado e cruel. 
Não foi a decisão de um segundo, pois ele a estrangula lentamente e ela resiste, tenta se libertar. 
Ele poderia ter parado a qualquer momento.
 Mas a sua raiva e o seu sentimento de traição são tão fortes que ele não quer parar até que acabe e isso talvez seja a coisa mais sombria que ele já fez. 
É o grande crime da sua alma junto com o que ele fez com a sua primeira esposa ao abandoná-la depois da "demonstração" orquestrada por Lord Tywin".

Eu nunca me senti tão aliviado, depois de um episódio de Game of Thrones
#Ufa !!! Valew George R. R. Martin, foi muito foda. #valarmorghulis
 
Google Plus

Autor: Marlon Matti

#UnaseaLiga
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários :